Novidades em recepções agradam empresários e clientes

forminhas especiais para doces e utilização de mesas em formatos diferentes já dão um ar diferente à sua recepção.

Publicado em 21/09/2012

Avalie este Artigo
5

Evidentemente que gerar uma boa impressão é um dos principais fins de uma festa, recepção ou coquetel. E os brasileiros sabem bem como receber e como deixar um quê de surpresa em seus convidados. E não é à toa que, de acordo com estudos divulgados recentemente, o povo brasileiro gasta cerca de 34% de sua renda mensal com festas ou recepções.

Requinte e bom gosto a todo e qualquer tipo de festa, principalmente em coquetéis ou recepções, onde tudo fica mais à mostra é essencial.

Pelo fato de chamar muito a atenção dos convidados, a mesa dos doces, por exemplo, merece muita atenção na hora de decorar o espaço.

Uma das novidades, hoje, são as forminhas para doces em formato de flores como, tulipas, azaleias, violetas ou lírios. Estas são as mais indicadas para a decoração da mesa de doces, neste tipo de evento.

Às vezes podemos pensar que este tipo de detalhe não é percebido. Ledo engano... as forminhas para doces são tão utilizadas em eventos como este, e muito comentadas ao final da festa. Entretanto, dar atenção ao buffet, decoração, bebidas, música e, claro, ao salão fará com que sua recepção se torne um grande acontecimento.

Outra novidade é a mistura de mesas em formatos diferentes dispostas num mesmo espaço. Colocando algumas redondas, outras quadradas, ou em formato retangular dará um dinamismo ao espaço do evento. Muito comum hoje em dia, utilizar-se do aluguel de mesas, cadeiras e poltronas para recepções como coquetéis de inauguração, desfiles, ou outro evento em que haja a necessidade de alugar estes artigos torna-se bastante prático. Claro, os casamentos, formaturas, festa de debutante e aniversários infantis também podem pedir o aluguel destes itens.

Segundo empresários do segmento de eventos, os móveis para locação mais procurados para festa são os mais variados tipos de mesas como as de vidro, as mesas de plásticos, mesas bistrô, mesas de alumínio ou fibra sintética, mesas de ferro ou de madeira. São muitos os modelos: rústicas, retangular, redonda, triangular, oval, para 4, 6 ou 8 lugares, ou mais.

O aluguel de cadeiras também segue sempre o mesmo padrão das mesas, cadeiras de ferro, plástico, madeira, ferro, alumínio, e outras. Alugar poltronas, puffs, sofás, bancos, biombos ou o chamado bar móvel também são excelentes opções para deixar o seu ambiente atraente, aconchegante e acima de tudo funcional.

Outra ideia bastante atraente é em relação aos buffets. Há empresas especializadas em coquetéis que trabalham com iguarias mais leves e diferenciadas que agradam bastante. Pequenas porções individuais, cumbuquinhas e iguarias fáceis de degustar são os atrativos da vez.

 

lbeventos_170770.jpgFoto: luizbranco

Curiosidade

O número grande de embaixadas brasileiras no exterior acabou provocando um excelente efeito também no Brasil, para o segmento de festas. Quase ninguém se dá conta do aumento de festas e recepções no Itamaraty. Sim, um levantamento do Cerimonial do Ministério das Relações Exteriores mostra que há em média dois eventos a cada três dias no local. Só no primeiro semestre, foram 93 recepções a chefes de Estado e outras autoridades estrangeiras. Em 2011, mais de 220.

Nos últimos cinco anos, o orçamento do Cerimonial dobrou, para R$ 2 milhões. Os gastos abrangem café da manhã, almoço, jantar e coquetel, além da hospedagem e transporte de comitivas. Há quase 40 anos, a família Gagliardi é responsável pelos comes e bebes. Recentemente, a diplomacia brasileira passou a receber os convidados com pratos brasileiros, que incluem carne seca, frutas e goiabada.

Esta "exclusividade" do buffet brasiliense, que participa de licitação, estaria vinculada à falta de concorrência em Brasília.

Às vezes há alguma restrição alimentar dos convidados que acaba interferindo nas preparações, como no caso do veto à carne de porco e a comidas de origem animal. É exigência no cardápio um filé de frango grelhado, uma saladinha e um prato vegetariano. "É preciso respeitar as diferenças culturais e restrições religiosas. Vamos nos adaptando e estudando cada vez mais. A diplomacia também vende nosso produto", diz a empresária Cilene Gagliardi. "Também vivo recebendo telefonema de embaixada pedindo receita. Picadinho sempre faz sucesso", destaca a empresária de Brasília.


Avalie este Artigo

Deixe seu comentário

Avalie este Artigo

Comentários

  • disse em 25/06/2018 às 10:06

    Somos a Gustavo Heis Eventos.
    Atuamos no mercado da Serra Gaúcha RS
    Nossos serviços:
    Buffet para stands.
    Aluguel de maquinas de café espresso próprias.
    Coquetéis.
    Locação de moveis em pvc.
    Garçons,barmans,baristas,chefs...


Orçamento Expresso

Solicite Orçamento para 39615 anunciantes com um só pedido

Clique aqui para solicitar
CasamentosFestas InfantisFormaturasEventos Empresariais

Aguarde...