São Paulo e a volta dos eventos presenciais

Você, que gosta de informações sobre a organização e realização de eventos. precisa conhecer todos os detalhes do retorno a eventos presenciais autorizados pelo Governo de São Paulo e assim entender os cuidados que serão exigidos.

Publicado em 09/08/2021

Avalie este Artigo

O governo de São Paulo anunciou que a partir de 17 de agosto de 2021 serão permitidos os eventos presenciais, assim como a liberação de acesso a diversas atividades econômicas no estado.

Essa decisão foi tomada utilizando diversas avaliações de dados e variáveis que foram obtidas com o andamento da pandemia e pode representar uma retomada de todas as atividades que se relacionam a um evento presencial.

Empresas que trabalham com segurança, aluguéis de tendas, mesas e cadeiras, espaços, prestações de serviços de garçons e de fornecimento de Buffet estão incluídas nesse planejamento.

Importante ainda que serviços de assessoria em organização de eventos e de cuidados com a saúde serão mais procurados.

Vamos apresentar todos os detalhes relacionados a essa nova fase da retomada de eventos que está sendo adotada por São Paulo e a volta dos eventos presenciais.

Qual decisão foi tomada pelo Governo de São Paulo?

A decisão que levou São Paulo e a volta dos eventos presenciais está relacionada à liberação de diversos tipos de eventos que serão retomados a partir dos dias 16 e 17 de agosto de 2021.

Todos os eventos que forem liberados deverão seguir os protocolos e cuidados sanitários e de higiene e prevenção da saúde, sem aglomerações e restrição de horários, sendo fiscalizados pelas autoridades do Estado.

Essa definição cumpre um escalonamento que se completará a partir do dia 1º de novembro, quando a expectativa de vacinação completa, ou seja, das 2 doses.

Para a atual fase, é necessário adotar medidas de cálculos da capacidade dos espaços, para limitar o acesso do público, tendo em vista que as aglomerações permanecem sendo proibidas.

Que critérios foram avaliados para a decisão?

São Paulo e a volta dos eventos presenciais

A definição adotada pelo Governo de São Paulo e a volta dos eventos presenciais tomou por base na apuração da diminuição da quantidade de pessoas infectadas pela COVID-19 em todo o Estado, pelo menor número de pacientes internados.

As autoridades levaram em conta também a redução de ocupação de UTIs, que conseguiu ser menor que 50%, uma demonstração de que a vacinação tem feito um efeito bastante positivo para o controle do agravamento da doença.

Foi identificado ainda que está ocorrendo uma redução considerável na quantidade de mortes no Estado.

Porém, é sempre bom lembrar que a pandemia ainda está em curso e a possibilidade de surgimento de novas variantes e até mesmo um agravamento das atuais, que levem ao aumento de infectados, será motivo para que o monitoramento permanente da doença indique a necessidade de rever a estratégia adotada nesse momento.

Que tipos de eventos poderão ser realizados?

A decisão tomada por São Paulo e a volta dos eventos presenciais considerou que podem ser retomados eventos de caráter social, como casamentos, jantares, formaturas, feiras e eventos corporativos e reabertura de espaços culturais, como museus, a partir de 17 de agosto de 2021.

Nesses casos, é necessário evitar as aglomerações, sendo importante avaliar o tamanho do espaço e a quantidade aceita para que o público se mantenha afastado entre si. E o consumo de alimentos e bebidas só será permitido com as pessoas sentadas em cadeiras em suas mesas.

Antes, no entanto, em 16 de agosto de 2021, será possível retomar a abertura de comércio e serviços, com funcionamento até as 24 horas, com limitação de ocupação máxima de 80%, e shopping centers, bares, restaurantes e galerias, com funcionamento até as 23 horas, além de parques urbanos com funcionamento em horário integral.

Grandes shows, eventos esportivos com público presencial e danceterias serão retomados somente a partir de novembro, estando relacionada à retomada a ampla cobertura vacinal no Estado.

Importante que todos os eventos devem ter os procedimentos de cuidados atendidos, como o uso de máscaras e distanciamento.

Expectativas para a retomada do setor de eventos presenciais

São Paulo e a volta dos eventos presenciais

O exemplo de São Paulo e a volta dos eventos presenciais aponta para uma tendência mundial de retomada das atividades no segmento de eventos e que deve se estabelecer com mais intensidade já a partir de 2021.

Existe um movimento de indústrias farmacêuticas que estão propensas a patrocinar eventos presenciais no último trimestre de 2021, com foco também em eventos híbridos.

A tendência é que os eventos passem a usar os recursos mais modernos de tecnologia de transmissões on-line e que possam manter o interesse em realizações presenciais de melhor qualidade também.

A expectativa é de um crescimento do segmento de forma geral consolidado a partir de 2022.

Precauções sanitárias gerais definidas pelos pesquisadores

São Paulo e a volta dos eventos presenciais

Para que seja um sucesso, a iniciativa de São Paulo e a volta dos eventos presenciais deve adotar alguns cuidados que possam garantir a segurança e a saúde de todos, assim é importante atentar para os seguintes fatores:

  • Cumprimento das regras de lotação máxima, evitando aglomerações;
  • Mantenha a exigência de uso de máscaras;
  • Cuidados quanto ao oferecimento de comidas e bebidas, para evitar que o vírus se espalhe;
  • Mantenha acesso a pias e álcool gel de maneira ampla, para que seu uso seja incentivado e facilitado;
  • Evitar o contato físico;
  • Realizar o evento em espaços abertos ou em ambientes bem ventilados;
  • Manter controle sobre a exigência de vacinação;
  • Invista em treinamento de pessoal da segurança e de atendimento aos convidados;
  • Tente evitar que ocorram filas e a possibilidade de reduzir o espaço entre as pessoas.

 

O que acha de São Paulo e a volta dos eventos presenciais,

Embora a decisão de São Paulo e a volta dos eventos presenciais, é sempre bom levar em consideração a necessidade de manter os cuidados com o uso de máscaras e ações sanitárias bastante rígidas, para que não ocorra um recrudescimento da pandemia e as autoridades tenham de fechar novamente as atividades.

Bom lembrar sempre que a pandemia não foi extinta e que novas variantes ainda estão surgindo, levando a necessidade de se manter cuidados sempre, até que toda a população esteja totalmente imunizada e que a ciência tenha concluído quanto à segurança definitiva do controle do vírus.

Até lá é importante agir com cautela e curtir com segurança os eventos e seguir todas as diretrizes nos convites que informam sobre os eventos.

Deixe um comentário sobre São Paulo e a volta dos eventos presenciais.


Avalie este Artigo

Deixe seu comentário

Avalie este Artigo

Comentários

  • Seja o primeiro a comentar

Orçamento Expresso

Solicite Orçamento para 39743 anunciantes com um só pedido

Clique aqui para solicitar
CasamentosFestas InfantisFormaturasEventos Empresariais

Aguarde...