7 conselhos para começar a empreender em eventos

Você, que está pensando em começar a empreender em eventos, vai adorar saber quais atitudes tomar para dar início aos seus planos. Saiba aqui como se preparar, conhecendo atitudes básicas indispensáveis a todo empreendedor que quer ver seu negócio decolar alto. Leia já!

Publicado em 25/10/2019

Avalie este Artigo
1

Você quer começar a empreender em eventos? A oportunidade está batendo à sua porta; entretanto, ainda há dúvidas rodeando seus pensamentos? Calma! Neste artigo, você verá 7 conselhos que separamos para você poder começar a se organizar e seguir em frente com seu projeto.

Como saber quando começar a empreender em eventos

Se você é uma pessoa criativa, que sempre age com detalhismo e zelo, já tem consigo boas características para gerenciar festividades, solenidades e até mesmo shows.

Além disso, se você costuma ficar prestando atenção nos mínimos detalhes dos ambientes em que frequenta, fora o fato de comunicar-se em público com facilidade, começar a empreender em eventos é escolha inteligente.

O setor de eventos tem sido promissor, desde que na hora de investir nessa empreitada, seu objetivo esteja bem definido. Além disso, o caminho a ser percorrido requer atitudes que não podem ser ignoradas.

Veja os conselhos a seguir e comece a colocar suas ideias em prática.

1. Planejamento

7 conselhos para começar a empreender em eventos

Na hora de empreender, é preciso estar ciente de que vai gerenciar um projeto com começo, meio e fim. Além disso, quando começar a empreender em eventos você assumirá a responsabilidade de conduzir todas as ações, por isso deve evitar surpresas.

É preciso considerar quais implementações deverão ser feitas em todos os aspectos. No investimento econômico, é fundamental levantar orçamentos e estimativas de lucro.

Para festas infantis, por exemplo, saber o local mais adequado para locação de brinquedos que garantam segurança e divertimento não pode ficar de fora dos planos.

A documentação deve estar em dia, com alvará emitido antecipadamente, não se esquecendo de checar a possibilidade de ter ocorrido, recentemente, mudanças de ordem jurídica, seja de âmbito municipal, estadual ou federal.

Já no que diz respeito à parte criativa, é essencial buscar originalidade. Mas por outro lado, garantir diversão para adultos e crianças com brinquedos infláveis nunca é elemento descartado.

O planejamento ainda deverá se responsabilizar pelo que efetivamente você poderá cumprir, além de responder às solicitações de seu cliente, da decoração do ambiente aos serviços de cozinha e segurança.

2. Espaço físico e contratação de serviços

Os espaços têm de garantir segurança e conforto. Por isso, é um elemento que deve estar no planejamento, com uma logística que vise ao melhor custo benefício de aluguel, tanto de salas ou auditórios para palestras, quanto de recintos amplos, como chácaras para aniversários ou estádios para shows.

Lembre-se também dos serviços prestados por profissionais específicos, tais como técnicos de som e luz, músicos, agentes de segurança, fornecedores de decoração e alimentos, equipe de cozinha, enfim, garantir a contratação de pessoal habilitado em suas áreas, desse modo preservando um evento sem equívocos.

3. Comunicação

Para começar a empreender em eventos, além de ter organização na hora de fazer o planejamento, também é necessário dispor de habilidades na hora de se comunicar.

Imaginação, criatividade e determinação são elementos que compõem a apresentação e a impressão do empreendedor diante de seus clientes na hora de lhes oferecer um serviço.

Com caráter diplomático, quando estiver diante de situações-limite, o organizador e empreendedor deverá fazer uma autogestão de suas emoções, consequentemente evitando reações extremas de ira ou melancolia.

A timidez nessa área é uma grande antagonista. Portanto, antes de criar uma empresa de eventos, vale a pena verificar se o seu perfil profissional realmente irá abarcar todas as responsabilidades de compor um planejamento que seja cumprido.

Por fim,  a sua personalidade deverá estar em conformidade no que diz respeito à comunicação pessoal, buscando sempre como resultado um diálogo cordial, dessa forma, mais e mais acordos serão fechados.

Experimente falar sobre atrações exclusivas de suas festas, como atores e palhaços que sempre garantem entretenimento de qualidade.

4. Análise de mercado

7 conselhos para começar a empreender em eventos

Quem quer começar a empreender em eventos deve saber que esse setor é muito competitivo. Logo, realizar um estudo de mercado é tarefa primordial, porque assim será possível mensurar a proporção em materiais e inovações que deverão compor sua oferta de serviços.

Uma análise de mercado completa é necessária para desenvolver uma estratégia de negócios e, depois disso, começar a redigir um plano de negócios.

Tendo os dados estatísticos em mãos, será possível fazer uma estimativa do que mais vem sendo apreciado pelo seu público-alvo, assim como o que mais tem sido oferecido como produto.

Consequentemente, verificam-se quais são os produtos e serviços que atualmente se encontram em meio à alta concorrência para vendas.

É por meio da análise de mercado que o empreendedor constrói caminhos para seu sucesso. É desse modo que se alcançará um alvo certeiro quanto às estimativas de lucros. 

Outro benefício que se adquire após um estudo do mercado é saber o local mais adequado para comprar ou alugar kits para festa, que têm valores oscilantes e qualidade diversificada, independente de seus custos.

5. Apaixone-se

Para começar a empreender em eventos você tem de saber como investir sua energia pessoal. A relação com o trabalho deve  ser apaixonada!

Desde a criação da empresa à realização do primeiro evento, será exigido um investimento pessoal significativo e uma paixão apreciável.

Em ambiente externo e durante o dia, garanta a instalação de tendas para abrigar as pessoas do sol. Contrate sempre músicos dos quais já tenha boas referências. Não deixe a música acabar de jeito nenhum.

Você vai ter muito trabalho, mas depois de ver toda decoração pronta, sentirá apenas orgulho de si mesmo.

Ao invés de exaustão rumo ao total esgotamento físico e mental, toda paixão com que efetivou seu trabalho transformarão cansaço em vigor e aprendizado.

6. Nome, identidade e imagem

7 conselhos para começar a empreender em eventos

Pense no nome de sua empresa, mas antes de satisfazer somente a si mesmo, tome como base os seus estudos em cima da análise de mercado que fez.

Para ser mais simples e ir direto ao ponto, você pode utilizar o seu próprio nome  como razão social, apenas para questões burocráticas.

A presença de uma pessoa jurídica sempre é necessária na tramitação da regularidade de um evento. Isso é necessário porque torna legalmente legítima toda a documentação atribuída aos mais variados tipos de eventos.

Por outro lado, destaque sua empresa com um nome forte e atrativo!

É essa a hora de pensar no nome que dará à sua empresa. Mas para isso procure se informar sobre branding, para não acabar caindo no erro de criar uma marca em vão, sem que realmente traga uma identidade dos seus serviços.

O nome de uma empresa faz com que os serviços oferecidos sejam destacados. Além disso, um nome comercial lhe traz autoridade e confiabilidade, garantindo um maior número de clientes.

Sua empresa  será reconhecida publicamente pelo nome comercial que você deu a ela. Inclusive, você pode colocar o nome comercial de sua empresa em documentos oficiais, dando ainda mais força à sua marca.

7. Agência virtual

Mas por que não abrir uma agência para começar a empreender em eventos? Seja em espaço físico, ou ainda, no mundo virtual, é uma ótima cartada!

A internet está repleta de sites que são agências virtuais prestadoras dos mais variados tipos de serviços, independente do que é ofertado.

Nesse novo modelo de comércio, ou o empreendedor faz visitas em domicílio a seu cliente, ou a negociação é feita pela web mesmo, sem que haja um encontro entre contratante e contratado em um recinto físico. 

Portanto, invista na criação de um site de qualidade!

A criação de um site é essencial para começar a empreender em eventos e mostrar seus serviços e, além disso, você passa a ter acesso a um número maior de clientes.

Um site responsivo, com design agradável e fácil de ser acessado é essencial para manter a satisfação dos visitantes da página. Sobretudo, dê atenção especial ao logotipo da sua agência, pois ele é um elemento-chave na conquista de uma imagem que desperte o interesse e a curiosidade do internauta.

O que você achou das dicas para começar a empreender em eventos? Gostou?  Se você ainda tem dúvidas, é só deixar seu recado nos comentários e, logo mais, responderemos.


Avalie este Artigo

Deixe seu comentário

Avalie este Artigo

Comentários

  • Seja o primeiro a comentar

Orçamento Expresso

Solicite Orçamento para 39670 anunciantes com um só pedido

Clique aqui para solicitar
CasamentosFestas InfantisFormaturasEventos Empresariais

Aguarde...