Como reduzir perdas no setor de eventos 2020

Se você é do setor de eventos e procura por soluções para enfrentar a atual crise do coronavírus, não pode deixar de verificar algumas dicas de como reduzir perdas no setor de eventos em 2020. Boa leitura!

Publicado em 18/05/2020

Avalie este Artigo
5

Embora a dimensão dos impactos da crise econômica atual ocasionada pelo novo coronavírus no Brasil ainda não possa ser avaliada, pois ainda está em curso, seus efeitos já podem ser sentidos em diversos setores da economia.

O setor de eventos é, sem dúvidas, um dos mais prejudicados. Como a COVID-19 é um vírus com alto potencial de contágio, as primeiras medidas para a contenção do vírus incluíram a instituição oficial do período de quarentena e recomendações de distanciamento e isolamento social.

Nesse sentido, o setor de eventos foi recomendado a cancelar ou adiar a realização de festas, concertos, congressos e outros tipos de eventos, sejam de organização pública ou privada. Como reduzir perdas no setor de eventos 2020 tornou-se, assim, uma preocupação do ramo.

Enquanto a flexibilização de certa camada do comércio já é discutida e até permitida em algumas localidades, o setor de eventos permanece no aguardo de novas orientações, seja para o funcionamento e oferta de serviços, ou de medidas financeiras dos governos federal, estadual e municipal.

Se você é do ramo de eventos e procura por soluções para atravessar a atual crise, confira nossas dicas de como reduzir perdas no setor de eventos 2020.

Como reduzir perdas no setor de eventos 2020

 

Estude

Diante da crise, a convocação atual e urgente é se reinventar. Entretanto, em vez de inventar a roda, você pode optar por aprender retornando às origens e aos detalhes de seu trabalho.

O resgate de princípios e valores éticos, aliado ao aprendizado de outras experiências, bem como o contato com o restante do setor, como associações, organizações e sindicatos, podem ser extremamente úteis para a criatividade e resiliência, que lhe auxiliarão a atravessar a crise.

Conhecer seu público-alvo é, sem dúvidas, um dos primeiros passos para pensar estratégias de como reduzir perdas no setor de eventos 2020.

Mantenha-se atento ao comportamento do seu público, seu desejos e escolhas. Como você se comunica com seus clientes? São construídos e cultivados laços de confiança?

Os clientes buscam por respostas resolutivas, especialmente em momentos de incerteza. Nesse sentido, conhecer seus clientes permite a invenção de soluções criativas, que vão de encontro com suas necessidades.

A popularidade da realização de eventos e reuniões no formato on-line vem aumentando e se apresenta como frutífera possibilidade de atuação para o setor de eventos. Dessa forma, um modo de como reduzir perdas no setor de eventos 2020 é pensar a expansão de seu negócio e a oferta de serviços para as plataformas on-line.

Estima-se, inclusive, que essa onde de eventos on-line possa inaugurar uma nova frente de postos de trabalho.

No caso da realização de eventos como pequenas reuniões e encontros, cursos, workshops, oficinas, aulas, entre outros, o setor de eventos pode trabalhar na oferta de serviços como equipamentos audiovisuais e estruturas e equipamentos para eventos.

Já para eventos maiores, serviços como assessoria, decoração, DJ, som, luz e imagem são úteis e podem ajudar a garantir a qualidade do evento.

 

Negocie

Como reduzir perdas no setor de eventos 2020

Outra dica de como reduzir perdas no setor de eventos 2020 é investir suas energias nas negociações, seja com fornecedores, clientes, colaboradores e parceiros.

Aos clientes, sugira a remarcação do evento, em vez de seu cancelamento. Baseando-se na amostragem de outros países, é estimado que os meses a partir de outubro se apresentem como alternativas possíveis para a remarcação de datas.

O Portal Organizando Eventos, por exemplo, permite que seja verificada a disponibilidade de datas para diversos serviços, como aluguel de brinquedos infláveis e aluguel de brinquedos de festa, entre outros.

Isso permite que o agendamento dos serviços possa ser realizado com antecedência, evitando possíveis intercorrências.

Proponha ao cliente que o crédito permaneça em aberto, para futura utilização. Essa medida pode evitar que o dinheiro seja devolvido, provocando desequilíbrio no caixa.

Negocie com fornecedores e parceiros os valores já pagos pela locação. Caso existam patrocinadores ou parceiros, proponha a manutenção dos aportes financeiros e outras modalidades de parceria.

Além disso, negocie junto às instituições credoras também a possibilidade de extensão de prazos e redução de juros.

Mantenha-se atento às estratégias apresentadas pelo governo federal e pelos estados. Negocie linhas de créditos, que podem ser altamente úteis para as pequenas empresas.

Estude alternativas possíveis para manter sua equipe de colaboradores e funcionários. Quando a crise passar, seu negócio precisará de pessoal qualificado para o retorno das atividades.

 

Prognóstico

Como reduzir perdas no setor de eventos 2020

Pensar formas de como reduzir perdas no setor de eventos 2020 inclui, necessariamente, projetar o cenário futuro do ramo.

Possíveis cenários já estimados envolvem a realização de eventos já a partir de outubro, mas somente em espaços abertos e com o envolvimento de poucas pessoas. Já outros cenários, menos otimistas, apostam na realização de eventos somente em 2021.

As estimativas são um pouco mais desanimadoras para o setor que lida com eventos que envolvem a venda de ingressos, com uma possível queda da renda média da população e medidas de restrição de público, a ser adotadas.

Questões relacionadas à sustentabilidade também devem emergir no horizonte do ramo de eventos. Os negócios deverão seguir alternativas mais sustentáveis, que envolvam fornecedores e serviços alinhados a esses valores.

Independente das projeções, o mundo que nos aguarda após a ocorrência do coronavírus parece diferente. Embora a realização de eventos nunca vá deixar de existir, os modelos pelos quais ocorrem deverão ser repensados.

Isto é, eventos podem se tornar mais curtos, seguindo diferentes modos de interação, mas, certamente, exigindo uma maior qualidade e um compromisso firmado com o cuidado de seu público.

 

Como reduzir perdas no setor de eventos 2020: conclusão

Nesse artigo, trouxemos algumas dicas de como reduzir perdas no setor de eventos 2020.

Embora ainda estejamos enfrentando essa crise que, por hora, não apresenta data de término, algumas sugestões são válidas para minimizar os efeitos da crise para o setor de eventos.

Como reduzir perdas no setor de eventos 2020 envolve resiliência e criatividade. Entretanto, não resta dúvidas de que esse período resultará em aprendizado e num negócio ainda mais fortalecido.

Esperamos que tenha gostado de nossas dicas de como reduzir perdas no setor de eventos 2020. Não se esqueça de deixar seu comentário.


Avalie este Artigo

Deixe seu comentário

Avalie este Artigo

Comentários

  • Seja o primeiro a comentar

Orçamento Expresso

Solicite Orçamento para 39757 anunciantes com um só pedido

Clique aqui para solicitar
CasamentosFestas InfantisFormaturasEventos Empresariais

Aguarde...