A doce concorrência entre buffets infantis

Publicado em 19/09/2012

Avalie este Artigo
4.9

Você conhece a semana do buffet infantil? Com certeza, esta é uma excelente oportunidade de fechar um bom negócio, ainda este mês, até dia 23/09/12. E se você não tiver a chance de participar do evento, o jeito é aguardar a próxima edição do “Buffet Infantil Week”, que acontece na capital paulista.

Esta é uma semana especial de descontos que também deve se estender para o ABC paulista e para outras cidades brasileiras.

Até dia 23 de setembro ocorre o aguardado evento “Buffet Infantil Week”, uma semana inteira de especiais descontos em buffets infantis para realização de festas de aniversários de crianças e adolescentes.

Estes descontos variam entre 10% e 20% do valor total para as festas com mais de 80 pessoas. Os organizadores do evento querem proporcionar ao visitante uma chance de realizar um sonho. Se há o interesse de se fazer uma linda festa em um buffet infantil, que os visitantes aproveitem esta semana!

“Qualquer pessoa pode realizar um aniversário alegre, com muita gente, muitos brinquedos e toda a estrutura oferecida por um dos buffets participantes”, diz Walmir Fernandes, organizador do evento. Segundo a organização, a festa pode ser negociada diretamente nos buffets participantes com agendamento para até 12 meses.

Somente na cidade de São Paulo existem centenas de buffets que envolvem uma enorme cadeia de produtos e serviços como decoradores, fotógrafos, doceiras, boleiras, a recreação, etc...Um nicho em crescimento e bastante promissor.

Para mais informações e verificar a rede de buffets participantes acesse o site www.buffetinfantilweek.com.br

 Competição acirrada

O segmento de buffets infantis apresenta um crescimento ano após ano de aproximadamente 30%, segundo dados do Sebrae.

É interessante observar que o conceito de buffet infantil surgiu aqui, no Brasil. E os primeiros espaços especializados em festas para crianças surgiram na década de 80, em São Paulo.

Logo espalhados por todo o país, o segmento se deparou com a concorrência cada vez maior e os empresários do setor passaram a apostar em diferenciais para garantir a clientela.

"Houve uma explosão muito grande e ficou tudo um pouco perdido", declara Simone Fialho, porta-voz da Associação das Empresas de Buffet Infantil (Assebi). Ela afirma que em bairros onde há dez anos havia um ou dois bufês pequenos, hoje chegam a existir 20. "Dos pequenos até os que cobram R$ 8 mil por uma festa bem básica", diz.

nalufestas.jpgFoto: Nalufestas

Mas, para quem pretende se destacar no ramo estar atento às novidades é essencial. A saída é investir em brinquedos diferentes, pois, os buffets ganharam a fama de serem muito parecidos, dizem empresários do setor.

E além da infraestrutura, o empresário deve dar prioridade ao serviço. Com certeza, hoje, o atendimento que se oferece para o cliente é o maior diferencial.

De acordo com informações da Assebi, um bufê gira em média R$ 100 mil por mês, mas o mercado saturado já causa transtornos. No início se trabalhava com 30% de margem de lucro para uma festa. Hoje, se consegue 15%.

Profissionalizar o negócio é outra forma de se destacar. Analisando o setor, o empresário Marcelo Golfieri criou a Universidade da Diversão, em São Caetano do Sul (SP). A escola é especializada na formação de profissionais para atuarem no setor. "Tínhamos a rede de buffet Catavento, uma das pioneiras em São Paulo, e sentíamos uma carência no treinamento de pessoal. Em 2008, montamos a universidade", conta.

Devido ao movimento do setor, que de acordo com dados da Universidade da Diversão, movimentou R$ 300 milhões em 2011, hoje a instituição oferece cursos e consultorias nas diversas áreas do negócio. "Atendemos desde quem precisa de um financiamento para montar o buffet, até quem está com problema de fluxo de caixa e gostaria de aprender a formatar o seu preço de venda", diz o empresário.

Segundo estudos, atualmente 85% dos buffets têm o seu foco em brinquedos e 15% apostam na categoria "conceito", que são aqueles que não têm eletrônicos e que procuram resgatar brincadeiras do tempo da vovó. Esse tipo de buffet tem encantado clientes das classes A, B e C que, segundo Golfieri, buscam algum diferencial para a sua festa.


Avalie este Artigo

Deixe seu comentário

Avalie este Artigo

Comentários

  • disse em 14/08/2014 às 23:08

    5 Muito obrigado por esse espaço maravilhoso que o "ORGANIZANDO EVENTOS" nos concede para divulgarmos nosso produtos e de uma forma gratuita! Que vocês tenham muito sucesso e a bênção de Deus sempre!!!


Orçamento Expresso

Solicite Orçamento para 39675 anunciantes com um só pedido

Clique aqui para solicitar
CasamentosFestas InfantisFormaturasEventos Empresariais

Aguarde...